Após o Tratado de Quioto, em 1998, por meio de apoio financeiro da empresa PEUGEOT à estatal francesa ONF (Escritório Nacional das Florestas), deu-se início a um projeto de reflorestamento capaz de dinamizar o conceito de poço de carbono. Esse conceito assume que áreas em reflorestamento podem ser definidas como “um reservatório de carbono que, durante certo tempo, absorve globalmente uma quantidade de carbono maior do que rejeita”.

O acordo de patrocínio veio com a preocupação do grupo PSA Peugeot Citröen e da ONF com o efeito estufa.

O projeto consiste em reflorestar uma área desmatada de 2.000 hectares na Floresta Amazônica Mato-grossense, sendo este um projeto piloto e um protótipo vivo.

A proposta também contempla o estudo e promoção da biodiversidade e o desenvolvimento sustentável da área geográfica de aproximadamente 108.000 km2, no noroeste de Mato Grosso, onde está situada a Fazenda São Nicolau, sede do projeto “Poço de Carbono Peugeot/ONF”.

 

historico1

É válido ressaltar que o grupo Citröen PSA Peugeot, não tem nenhuma pretensão em vender créditos de carbono. Ao realizar esse projeto, o desejo é trazer uma contribuição ao conhecimento científico dos ecossistemas florestais e demonstrar a viabilidade e pertinência dos poços de carbono como complemento às ações indispensáveis para a redução da emissão de gases efeito estufa (gee).

Estes gases lançados pela atividade humana contribuem para a elevação da temperatura através do aumento da camada dos gee.

O objetivo principal do projeto é demonstrar a viabilidade da fixação de carbono atmosférico por meio de uma plantação de árvores.

Além disso, o projeto visa promover a biodiversidade, atuando com o replantio de espécies nativas e realizar levantamentos faunísticos regulares.

Preocupados com o futuro da comunidade local, o projeto tem ainda a intenção de garantir a integração no conjunto sócio-econômico local (desenvolvimento sustentável), através da geração de empregos diretos e indiretos, distribuição de mudas e assistência técnica, compra de sementes e contribuir para o desenvolvimento da educação ambiental entre outros.

historico2

 

O projeto foi dividido em programas de pesquisa imbuídos em alcançar os principais aspectos envolvidos, contribuindo para o seu desenvolvimento. São eles: Programa de Biodiversidade, Programa de Carbono, Programa de Floresta Nativa, Programa de Integração Local e Programa de Reflorestamento.

Envie-nos uma mensagem

ENVIAR

ONF Brasil

(65) 3644 7787

contato@onfbrasil.com.br

Fazenda São Nicolau, Cotriguaçu - MT